História Ciganos em Porto Alegre




Historicamente as baixadas do Parque Moinhos de Vento, nas décadas de 30, 40 e 50, foi morada de cigano, pela situação propícia do local e em razão da fonte, ali mesmo onde acontece o evento.

Nesta época aconteceram muitos noivados e casamentos ciganos realizados por Mathias Bagesteiro (avô de Pai Neco de Oxalá).

Em homenagem a sua liderança e ao seu trabalho foi colocado um busto no Parcão.

Os ciganos que por ali passaram são familiares de Aderson Bagesteiro, o Pai Neco, quem assumiu o compromisso de seguir com a cultura de seu povo.

Todos os anos é relizado o evento Alma Cigana, Ritos, Cantos e Magias, no Parcão, no mesmo local onde os ciganos faziam seu acampamento. Em 2015, o evento vai para sua 18 edição.

É no evento que acontecem os batizados e noivados tipicamente ciganos, realizados pelo líder cigano, Aderson bagesteiro, mais conhecido como Pai Neco.